Como aumentar a produtividade, com um(a) Assistente Virtual

Para muitos empreendedores e empresários, a assistência virtual ainda é uma novidade, contudo, foi no final do século XX que esta profissão surgiu!

Em tom de brincadeira, costumo dizer que um(a) assistente virtual é o profissional que vai transformar a produtividade de qualquer empreendedor ou empresa!

O que é um(a) assistente virtual

Um(a) assistente virtual é um profissional, devidamente qualificado, que presta serviços de apoio ou suporte a empreendedores e empresas.

De certo, concorda que criar um negócio traz felicidade e orgulho – sentimentos positivos, que advêm de material um sonho ou projeto que muito se idealizou. 

Por outro lado, é uma grande responsabilidade e para que o negócio possa crescer e ser sustentável, há sempre muito para fazer! 

Delegar tarefas a um(a) assistente virtual acaba, assim, por ser uma oportunidade para que o empreendedor ou a empresa se possam focar nas áreas core ou estratégicas, com a segurança de que as tarefas operacionais estarão asseguradas.

Que tarefas desenvolve um(a) assistente virtual

Cada assistente virtual define os seus serviços em função da sua formação e experiência. Em Portugal temos essencialmente:

  • Assistentes Virtuais Administrativas – muitas vezes designadas como “secretárias remotas”, desenvolvem tarefas administrativas, como atendimento de chamadas, gestão de email, manutenção de bases de dados, organização do arquivo digital, contactos com fornecedores, entre outros.
  • Assistentes Virtuais de Marketing – profissionais com uma forte paixão pelo marketing (sobretudo digital) e que prestam serviços como criação de conteúdos ou newsletters, manutenção de blogs, edição de podcasts ou gestão de redes sociais.
  • Assistentes Virtuais Tecnológicas – profissionais que conhecem e trabalham com diversas plataformas e softwares, como plataformas de e-learning, de eventos online ou de webinars, servidores de email marketing, entre outros e ajudam os empreendedores a criarem ou dinamizarem as suas marcas dentro da área tecnológica.

Como contratar um(a) assistente virtual

Cada negócio tem o seu próprio ADN, objetivos e necessidades. Por isso, cabe a cada empreendedor ou dono de negócio realizar um primeiro check-up às suas necessidades.

Stephen Covey, em “Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes” partilha uma matriz de gestão do tempo, em que sugere a organização das tarefas de acordo com a sua urgência e importância. Este é, na verdade, um ótimo exercício inicial!

Se seguir esta matriz, saberá no imediato o que delegar: as tarefas do 3º quadrante!

Em grupos de Facebook, no LinkedIn ou com o apoio da Academia de Assistentes Virtuais poderá encontrar o ou a Assistente Virtual certo para apoiar o seu negócio!

Liberte o seu tempo e invista no crescimento do seu negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *